segunda-feira, 8 de junho de 2009

Direção e Sentido... Qual a diferença?

Booom... Achei o tema do post uma excelente pergunta.. assim.. sem antes dar uma pesquisada.. essas duas palavras.. direção e sentido.. chegam ateh a confundir minha cabeça.. (e acho q naum eh soh a minha.. mas sim.. a de mta gente).. e não eh mtu fácil de se explicar.. entaaaaum... com uma pesquisa.. chegaremos a seguinte conclusão!

Falar de direção e sentido em um movimento é muito importante, pois muitas
pessoas acreditam que se tratam da mesma coisa, o que na verdade não é. Para entender qual a diferença entre direção e sentido, observe a gravura que se segue:

Nessa gravura temos dois pares de seguimentos de reta. Em um dos pares, como se pode observar, as retas estão opostas uma em relação à outra. Ao observar essas retas podemos concluir que direção está ligada ao que diz respeito à posição horizontal, vertical, norte, sul, leste e oeste. Já o sentido é a orientação do móvel. Unindo direção e sentido podemos determinar a posição de qualquer corpo ou objeto que esteja descrevendo uma trajetória curvilínea. Voltando a gravura podemos dizer que as retas a e b tem a mesma direção e sentido, já as retas c e d tem a mesma direção, porém sentidos contrários. No estudo de física é muito importante fazer diferenciação entre dois tipos de grandezas: grandezas escalares e grandezas vetoriais. As grandezas escalares são aquelas que para serem representadas necessitam apenas de um número. Massa, energia, tempo e temperatura são exemplos desse tipo de grandeza. As grandezas vetoriais, ao contrário das grandezas escalares, necessitam de algo a mais para que possam ser representadas corretamente. Além da parte numérica, também chamada de módulo, ela necessita de uma direção e um sentido para sua perfeita determinação. Força, aceleração, impulso, quantidade de movimento entre outros são exemplos de grandezas vetoriais.

Logo...


Direção


Uma direção pode ser definida por duas retas paralelas . Quando nos referimos à horizontalidade ou verticalidade de um objeto, estamos nos referindo, exatamente, à sua direção. Fala-se, assim, da direção vertical e da direção horizontal.
~> A horizontal engloba uma infinidade de direções por corresponder a um plano!
~> A vertical sim define uma direção única!

Este conceito é frequentemente confundido com o conceito de sentido. Confusão esta que pode ser resolvida se pensarmos que uma direção pode ter dois sentidos opostos (por exemplo, na direção vertical podemos conceber dois sentidos: de baixo para cima e de cima para baixo).


Por sentido podemos definir:

Sentido

Na matemática e na física, sentido é uma propriedade associada a uma direção. Se considerarmos que uma direção pode ser representada por uma reta, cada direção pode ter dois sentidos, que indicam os dois percursos possíveis sobre esta direção. Por exemplo, se considerarmos a direção vertical, os dois sentidos possíveis são para cima e para baixo.


O sentido é um dos componentes de um vetor, que também deve ser definido pelo seu módulo e direção, na matemática. Na física, a especificação de um vetor necessita ainda de uma quarta especificação, a unidade de medida. Em geometria e cálculo vetorial, a direção e o sentido são representadas como setas, sendo que a direção é indicada pelo ângulo entre a seta e o plano de referência e o sentido é indicado pela extremidade da seta.


Trazendo "sentido" para a Física .....


O sentido da força magnética
A força magnética tem um sentido que é sempre perpendicular ao plano formado pela corrente elétrica e pelo campo magnético. Podemos descobrir sua direção e sentido usando a mão esquerda como podemos ver na figura a baixo:



Vejam que o dedo médio indica o sentido da corrente elétrica, o dedo indicador o campo magnético e o dedo polegar o sentido da força magnética. Desse modo, "armando" a mão desse jeito, de preferência sem deixarem que o vejam nesta situação para que não pairem suspeitas sobre você, pode-se descobrir o sentido da força magnética.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário